quarta-feira, 9 de junho de 2021

O vazio de uma vida ocupada demais

 Mensagem de uma mãe para seu filho:

Bom dia meu amor, você está bem? Faz tempo que não tenho noticias suas.

Recomenda-se que as pessoas durmam em média oito horas por dia. A maioria não consegue, mas digamos que você consiga. Espero que sim. Ótimo, assim atinge o objetivo de um sono saudável. Como um dia tem 24 horas e você dormiu bem, deve estar descansado e preparado, pois restam ainda mais dezesseis preciosas horas para viver. Quero me atrever a fazer algumas contas, espero que não se importe.

Digamos ainda que você trabalhe oito horas por dia de segunda à sexta feira. Quarenta horas semanais. Dedicação integral, foco exclusivo em suas tarefas. Nada de ficar olhando mídias sociais, conversas paralelas ou pausas para cafezinho. Trabalho duro, pesado. Convenhamos que é possível produzir bastante nesta jornada e convenhamos também que você gosta de seu trabalho. Então lá se foram dezesseis horas de seu dia, mas ainda restam oito.

Uma hora por dia para exercícios físicos, afinal você precisa ficar em boa forma, e ainda ficamos com sete horas livres.

Uma hora por dia no trânsito. Calma, paciência, ainda temos seis horas pra usufruir.

Uma hora ligado em internet, whatsapp, instagram, facebook. Veja bem, esta hora não está contabilizada junto com o trânsito, pois sei que você não mexe no celular enquanto dirige. É um tempo só pra se conectar com quem você bem entender.  Sobram cinco.

Meia hora para banho, escovar dentes e fazer necessidades. Outra meia hora para rezar e ser grato por tudo que Deus lhe deu. Ainda temos quatro longas horas.

Uma hora para refeições e mais uma hora para limpar a casa e preparar sua alimentação. Ufa, o dia está quase acabando, mas ainda permanecemos com duas horas para conversar com sua esposa, fazer amor, brincar com os filhos, compras no mercado. Devo ter esquecido alguma coisa importante, mas não se preocupe, isso e só um exercício de imaginação.

Não sei se sua rotina é exatamente assim, creio que não. Exagerei em algumas situações, suavizei em outras. Final de semana deve sobrar mais tempo para compensar algumas demandas reprimidas. Sei que você nunca foi muito bom em matemática, tampouco eu, mas entre adições e subtrações nas horas de seu dia, será que sobram alguns minutinhos para você me telefonar ou mandar uma mensagem perguntando como estou, como foi meu dia, preciso de alguma coisa?

Resposta do filho três dias depois:

Bom dia mãe, como você está? Precisa de algo?

Infelizmente a mensagem chegou tarde demais. A mãe se contaminou com Covid e já estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo

 

 

15 comentários:

  1. Eu sei como dói uma saudade. Conheço essa dor. Belo texto. Em tempo vou ligar para quem amo.

    ResponderExcluir
  2. Bela reflexão. Porém sempre haverá tempo para construção de novos caminhos. Deixa-me dizer, que os segundos me parecem minutos, e que os minutos me parecem horas e que muitas vezes as horas se parecem dias. Sou intensa e inversiva, absorvo um momento de tal maneira que dificilmente o esqueço. Trânsito em ideia complexas em comum acordo com minhas semioses, as quais, muitas vezes são traduzidas por outras. Mas por este caminho que trilho, não deixo de declarar meu amor por meu filho. Não quero deixar um legado de peso ou de desconforto existencial. Penso, que se possível, posso deixar a vida coroada de acontecimentos alegres e ainda com uma última palavra, a de esperança.

    ResponderExcluir
  3. Final muito triste, mas gostei da reflexão. Algumas pessoas se ocupam demais mesmo porque precisam preencher seus vazios existenciais. Não sabem que o amor inunda as pessoas e as torna plenas.

    ResponderExcluir
  4. As vezes é falta de tempo mesmo, mas na maioria das vezes é falta de interesse.

    ResponderExcluir
  5. Pior, as pessoas já passam o dia na frente de uma tela de computador e quando chegam em casa além da TV tem a tela do celular e do PC de casa. Então isto diminui a síntese de melatonina e o sono perde a qualidade. Para meus pacientes que têm insônia eu sugiro evitar telas a partir de certo horário e ao ir p cama desligar a TV e ler um bom romance. Ricardo Preguer

    ResponderExcluir
  6. Cada um vai colher aquilo que semear

    ResponderExcluir
  7. A Semeadura é livre mas a colheita é obrigatória!!! Simples assim

    ResponderExcluir
  8. Cuide de quem é importante em sua vida hoje, o amanhã podes deixar de existir!
    Triste daqueles que pensam em si próprios!!!

    ResponderExcluir
  9. Coração apertado...a ligação não veio e não virá. A gente liga para quem importa.

    ResponderExcluir
  10. Belo texto. Toda escolha dá uma rumo a vida. Escolheu não ligar, escolheu estar num lugar, escolheu estar ao lado de uma pessoa. Precisamos suportar as dores das escolhas. Movidas por amor, curiosidade, dinheiro, diversão. Causam alegria para uns e dor para outros. Dói muito não receber a ligação ou a visita ou o convite. Um soco no estômago, dói e como dói. Sinto hoje a dor!

    ResponderExcluir
  11. Uma pena uma ligação seria o bastante para dizer o quanto ele se importa com ela.
    Não deu tempo.

    ResponderExcluir
  12. A origem da decepção é a expectativa. Não espere por nada, o que vier será lucro e não haverá decepção. Sei que é difícil viver sem expectativas, mas é só uma questão de pratica

    ResponderExcluir
  13. Meu filho morreu em um acidente há 2 anos. Eu daria minha vida por 5 minutos de ligação com ele. Isso é Amor é Saudade. Infelizmente vivo sem expectativas um dia de cada vez esperando a morte.
    Tenham sim expectativas, sonhos, desejos vivam e não deixem para amanhã a ligação. Pode ser tarde.
    Mafalda

    ResponderExcluir